segunda-feira, janeiro 23, 2006

Sentir

Queria não ter que sentir...Não ter que ter saudades de casa ou saudades de uma outra coisa qualquer...Não queria gostar mais de massa do que de arroz, não queria ter que gostar de nenhum tipo de comida. Não queria sentir frio, assim como não queria sentir calor. Não queria sequer ter que gostar mais de ler do que escrever...Não queria ter que gostar do verão ou do Inverno. Não queria não gostar de mim ou não gostar de gostar de mim. Não queria ter que gostar de ti.Não queria sentir...Ausência total de emoções...Não queria sentir as minhas lágrimas nem o sorriso quando me lembro de alguns momentos.
Apatia inerte do meu pensamento...Não queria ver-te chegar, não queria sentir que vais embora...Não queria sentir a certeza de que não sou mais do que que aquilo que quero ser.
Lembro-me tarde e sempre com muitas incertezas e embora me consiga rir, hoje só me apetece chorar porque sou obrigada a sentir...Porque só sinto este grito apertado dentro da alma das palavras que não digo e só me apetece partir as janelas, as paredes e os móveis pela raiva toda que guardei porque não quero sentir...e corro...tanto que não me apercebo do caminho, e escrevo, penso, levo as mãos à cara, fecho os olhos, gesticulo, mexo, escondo, atiro folhas, retiro cores...tudo porque te sinto até à exaustão...até não restar um único laço, nenhuma ponta por onde se lhe pegue...
Hoje sou só eu com os fantasmas...só eu com tudo o que não quis para mim...com tudo mais que consigo imaginar.
Não me ofendo...morro em falsas estruturas com muita febre!


dimensaooculta

5 comentários:

ileee disse...

N queria ter q dizer, q gozo é palavra onde o conceito se atrasa pelo caminho. N queria ter q admitir, q poesia é uma expressão onde o conceito tem moradia definida no monumento de um pensamento. E digo: Se a solidao resiste gostava de conhecer a pólvora q mata essa existencia.

Dea disse...

Ás vezes,tambem eu queria não ter que sentir...não ter que preencer o vazio com sentimentos ainda mais injustos.
...ás vezes,tambem eu queria não ter que sonhar,nem que por breves momentos,para não ter que sentir outra vez o vazio....
...ás vezes,tambem eu queria não ter que LUTAR para atingir os meus sonhos e eliminar completamente o vazio...
...eliminar completamente o vazio!!!
...mas depois,onde estaria a vida?
...a verdadeira vida?
...onde pertenceria Deus?
Quem seria ELE sem o nosso coração pleno de energia e....lindo...
Quem seria Deus sem a nossa força,sem o nosso prazer,sem os nossos sonhos?
...quem seria Deus sem Eu e Tu,sem Tudo em Todos Nós!!?


Sonhem Irmãos!
Venham á nossa cidade.
Contemplem-se,
O SONHO É A NOSSA MELHOR REALIDADE.

Dea

dimensaooculta disse...

De facto Dea o meu sonho é a minha melhor realidade, é pena andar a representar um papel que não quero...E se Deus conseguir ler...escrevo-lhe para me levar para casa...Talvez a minha escolha fosse a errada ou talvez seja a minha forma de viver errada..talvez...
O mundo começa hoje outra vez...para alguns!!!
Um beijinho

luuuu disse...

Viver sem sentir ou sentir e sofrer? Acho que escolho a segunda opção, mas não é assim tão óbvio como muita gente pensa. Tem dias... Aliás, podemos dizer isso mas depois fugimos das coisas que nos podem dar alegrias mas que também nos podem magoar... hâ? desculpem? o blog não é sobre mim? ah, desculpem lá, então...

dimensaooculta disse...

lol...só tu!!
Escreve rapariga...és sempre tão bem vinda...Já tinha saudades tuas...
Um beijo grande!

dimensaooculta