sábado, janeiro 14, 2006

Pele

"Vamos escrever poemas da pele na pele!?"
Lembrava-se de cada coisa...
Acho que nunca lhe disse que a fazia rir...ficou tanta coisa por dizer!
Se pudesse não sentir tinha pedido para ele ficar...apenas para ficar!

3 comentários:

Mariana disse...

Tudo aquilo que nos toca mais profundamente, que nos aquece a pele merece ser vivido. E porque a vida está muito para além dos nossos preconceitos e medos acredito que vais ser muito feliz.

Beijos

dimensaooculta disse...

Estará Mariana?...estará acima do que em mim fui construindo e do que em mim terei que destruir para me dar ao luxo de arriscar numa felicidade que me obriguei a não acreditar?
Tantas vezes tenho em mim a certeza que já sou feliz...não sei o que virá depois...não sei se quero saber o que virá depois...não sei sei se virá alguma coisa depois deste depois que se prolonga à demasiado tempo...não sei mariana e essa é a única certeza que tenho neste momento...

dimensaooculta

atmosferico disse...

Deixamos passar por entre as nossas maos pessoas que á posteriori percebemos que teriam atingido um patamar, uma outra dimensao dentro de nós. apercebemo-nos sempre tarde, porque na altura ha sempre qq coisinha que nos desvia do importante.
Restam as saudades de momentos unicos e de plena felicidade. Sentimentos por nao ter dado certo, n ter sido dito o que se devia ter dito na altura certa.
Por vezes, paramos a pensar nessa pessoa, como se sente, com quem esta e se esta realmente feliz. por outro lado, estamos nós assim porque nao ha nada nem ninguem que nos faça ultrapassar esses sentimentos bons.
Resta apenas esperar que o tempo traga sossego, traga felicidade a pessoa por quem nos sentimos isto. Que seja feliz seja la com quem for. Por vezes, espera-se que passe perto de nós ou nos diga olá!Mas para que? Voltar sentimentos que queremos que terminem?Mesmo que nao terminem correr o risco do outro lado ja tar para la disso e ver-nos com outros olhos?!
Cabe-nos seguir em frente. Pensar pela positiva e desejar que as coisas melhorem, sem pressas, sem imposiçoes. Esperar que essa pessoa esteja algures bem e feliz.
Quem sabe um dia, em circunstancias diferentes as coisas se proporsionem.
Até lá, ou até o nosso destino se revelar caminho diferente, ter consciencia que algures esta uma pessoa que apesar de nao estar tao perto de nos como desejavamos se encontra feliz, que deva se sentir previlegiada por isso.
Perceber que se sente muito por alguem e que nao podemos demonstra-lo por algum motivo pode ser arrasador.
Se soubermos controlar e entender isto, tambem podemos tirar dai força para seguir em frente seja qual for o nosso caminho.